Curta a nossa página
Boa noite!  Teresina, 15 de setembro de 2019
 
13/04/2018 às 10h03 O âncora Você está aqui: Home / Campo Maior Imprimir postagem

Enchente em Campo Maior deixa famílias desabrigadas

Prefeitura solicitou auxílio emergencial aos governos estadual e federal. Seis bairros foram atingidos.

Na tarde desta quinta-feira a prefeitura de Campo Maior, 85 km de Teresina, decretou situação de emergência por causa das chuvas que atingiram seis bairros no município. A expectativa da prefeitura é que a partir do decreto seja enviado auxílio emergencial pelos governo estadual e federal. O governo do estado informou que recebeu um pedido de vistoria da barragem do Surubim, com nível elevado por causa das chuvas.

O decreto de situação de emergência emitido pelo prefeito José de Ribamar Carvalho informou que choveu 200 mm somente no mês de março no município, segundo dados da estação pluviométrica localizada próximo a BR343. No mesmo decreto a prefeitura afirmou que choveu 45,2 mm nos primeiros dez dias de abril.

É preocupante a situação do nível da Barragem do Surubim, que está situada em Campo Maior.

De acordo a assessoria de comunicação da prefeitura de Campo Maior, equipes da Secretaria de Assistência Social e da Defesa Civil estão atuando na retirada de famílias alagadas nos bairros Cariri, Matadouro, Vila Papi, Califórnia e Horto Florestal e levando para locais seguros.

Além das 65 famílias atingidas que estão em abrigos, outras são alertadas e orientadas nas áreas de risco.

A prefeitura informou que fez um pedido de recursos ao governo do estado para fornecimento de alimentos e medicamentos destinados às famílias, assim como para a realização de visitas médicas aos abrigados.

Chuvas batem média histórica

O primeiro trimestre de 2018 terminou com 22% mais chuvas do que a média histórica para o período, no Norte do Piauí. Segundo o climatologista Werton Costa, o volume de precipitações é superior ao registrado no ano de 2009, em que choveu cerca de 15% acima da média. No Sul do estado, as chuvas chegaram com menos intensidade e não há prejuízos registrados.

Fonte G1


  Tags:

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados