Curta a nossa página
Bom dia!  Teresina, 21 de janeiro de 2020
 
04/12/2019 às 11h54 O âncora Você está aqui: Home / Teresina Imprimir postagem

Educadores participam do último módulo do curso em competências socioemocionais

A capital com o melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) do Brasil também foi pioneira em um projeto do Instituto Ayrton Senna (IAS), que desperta os professores das escolas públicas municipais para suas próprias competências socioemocionais. O curso com 100 docentes e formadores da Secretaria Municipal de Educação (Semec) de Teresina teve início no mês de abril e encerrou na terça-feira (03). As aulas aconteciam no Centro de Formação Professor Odilon Nunes e consistiram em formações divididas em cinco módulos.

O projeto piloto ‘Desenvolvimento de competências socioemocionais de educadores’ contemplou professores de língua portuguesa das turmas do 3º ano do ensino fundamental. Na prática, o grupo participou de atividades, nas quais foram levados a conhecer e refletir sobre suas competências socioemocionais, envolvendo temas do cotidiano como comunicação, mediação de conflitos, gestão de sala de aula, entre outras práticas docentes fundamentais para o professor do século 21. As competências socioemocionais, como abertura ao novo, empatia, resiliência emocional e autogestão podem ser fortalecidas para ampliar as realizações, tanto em nível profissional quanto pessoal.

A gerente de Projeto no IAS, Nelma Lopes, explica que a formação tem tudo a ver com as referências mais atuais para a educação no Brasil e no mundo.

“A educação integral vai além das competências cognitivas, o aluno precisa ser olhado por completo. Esse processo começa pelo professor tomando consciência das competências socioemocionais, conhecendo melhor a si mesmo, para que tenha melhores condições de desenvolver tais competências com os alunos”, destaca Nelma.

Ascom/Semec

De acordo com Celina Lira, coordenadora da ação no município, as formações aconteceram em cinco módulos presenciais e uma comunidade online, onde os professores passaram a multiplicar a ideia para os colegas. “Teresina cresce em relação à reformulação do seu currículo, onde trabalhamos a educação integral. Acreditamos que esse aprendizado faz toda a diferença na vida do professor em diversos aspectos”, pontua.

A especialista do Instituto Ayrton Senna, Sarah Morais, explica que o autoconhecimento é essencial e que o desenvolvimento socioemocional é um processo. “É uma consciência que desperta sobre si e sobre a relação com os outros. Além de conhecer, é preciso vivenciar e refletir sobre as experiências. Por exemplo, no módulo sobre empatia, vemos o quanto é desafiador ouvir o outro. Não só escutar, mas realmente ouvir sem julgar as opiniões, angústias, desafios e sonhos desse outro ser humano que é diferente de você. A partir da relação de confiança estabelecida, é possível construir um caminho que beneficia todos os envolvidos. Assim, o nosso curso não é apenas teórico, mas sim vivencial, para que os educadores consigam relacionar as competências com seu cotidiano. Os professores já relatam grande impacto não apenas em sala de aula e relações na escola, mas também na vida.”, disse.

Ruth Tavares de Oliveira, professora do 3º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Rosângela Reis, zona sul de Teresina, explica que o curso transformou suas atitudes. “O curso é maravilhoso, foi um salto na qualidade da convivência escolar e na minha vida pessoal. Os encontros me prepararam para novos momentos, onde aprendi a lidar com minhas emoções e melhorar minhas relações. Minha vida mudou, tanto no pessoal como no profissional”, conclui a docente, enfatizando que pretende continuar participando de outras formações caso seja oferecida.

AScom  SEMEC

 


  Tags:

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.