Curta a nossa página
Boa tarde!  Teresina, 23 de outubro de 2019
 
30/01/2018 às 20h27 Você está aqui: Home / Imprimir postagem

Juíza avalia como positivo desenvolvimento de alunos de Teresina na Escola Bolshoi

Reunião é realizada semestralmente para que a juíza possa avaliar a estadia e o desenvolvimento dos alunos

Os ex-alunos da rede de ensino de Teresina que integram a Escola de Teatro Bolshoi participaram de reuniam, na companhia de seus familiares, na 1ª Vara da Infância e Juventude. O encontro com a juíza Maria Luíza de Moura Mello e Freitas teve como objetivo avaliar a satisfação dos alunos e familiares sobre a execução do projeto.

Este encontro é realizado semestralmente durante o período de férias dos bolsistas através de ações do projeto que é acompanhado pelo juizado, inclusive com o termo de guarda dos menores para a Mãe Social.

De acordo com a coordenadora do Bolshoi em Teresina, a professora Amparo Veloso, a avaliação realizada pela juíza da primeira Vara da Infância foi bastante satisfatória. “Desde o inicio do projeto em 2005 todas as ações são acompanhadas pela Vara da Infância e Juventude. Isso é feito através das audiências com os pais e os menores, desenvolvidas pela equipe técnica formada por assistentes sociais e psicólogos, que também são responsáveis pela expedição da documentação de guarda dos bolsistas para a Mãe Social”, explica a professora.

Amparo diz ainda que a reunião faz parte das atividades específicas de acompanhamento com vistas ao desenvolvimento dos alunos bolsistas selecionados e que são mantidos na Casa Social através de parceria entre o Governo do Estado, Prefeitura de Teresina e Escola de Teatro Bolshoi.

A juíza Maria Luíza destacou a importância da família no acompanhamento dos filhos e de como a participação dos familiares é importante para que as crianças possam ter êxito nos estudos. “Mesmo os jovens estando em outra cidade os pais devem estar cientes de suas responsabilidades. Devem estar presentes na vida dos filhos, além de manterem diálogos frequentes com a Mãe Social para que a educação dos filhos ocorra da melhor forma, mesmo com a distancia”, diz a juíza.

Os jovens estão desde dezembro em férias com seus familiares. Os bolsistas deverão retornar a Joinville, Santa Catarina, no dia 15 de fevereiro para o início do período letivo de 2018.


 

Tags: bolshoi, alunos, semec, kléber montezuma, juizado, infância,bolsistas

 

 

Ascom Semec


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Artigos relacionados