Curta a nossa página
Boa noite!  Teresina, 15 de setembro de 2019
 
09/09/2019 às 17h30 O âncora Você está aqui: Home / Piauí Imprimir postagem

“Não vamos aceitar interferência do diretório estadual nas eleições 2020”, diz Cícero Magalhães

O presidente eleito do PT em Teresina, ex-deputado estadual Cícero Magalhães, afirmou na tarde desta segunda-feira (9) que o partido não aceitará interferência do diretório estadual nas eleições municipais de 2020. A afirmação é um recado direto para o presidente reeleito da executiva estadual, deputado federal Assis Carvalho. Segundo Cícero, o partido já tem um nome colocado para disputar a prefeitura de Teresina, o do vereador Edilberto Borges, o Dudu.

"Temos o nome do Dudu e a direção municipal já homologou como pré-candidato em Teresina. Se alguém colocar outro nome vamos ter que encontrar um consenso. Dudu ainda não retirou o seu nome e a discussão só está começando. Não vamos aceitar imposição do diretório estadual. Quem vai discutir Teresina é Teresina. Todos que tentaram interferência foram derrotados", afirmou Cícero, durante anuncio do resultado final da eleição na sede do partido no Centro de Teresina.

Segundo apurou o Cidadeverde.com, a ala adversária a Cícero possivelmente deve indicar o nome do deputado estadual Franzé Silva ao Palácio da Cidade. O parlamentar ainda não se posicionou.

O novo presidente assume a direção municipal em Teresina no mês de janeiro e já deve tratar das pré-candidaturas a vereador. O PT quer aumentar de 5 para 6, o número de parlamentares da sua bancada na Câmara Municipal.

Cícero lembrou que em 2000 ele era presidente do diretório municipal e o partido teve como candidato a prefeito, o atual governador do estado, Wellington Dias, com Francisca Trindade como vice. A chapa teve 34% dos votos, o que representou na época 100 mil eleitores.

"O povo tem carinho e respeito pelo PT, agora é preciso que o partido se organize. Eu defendo o que a maioria do partido decidir”, afirmou. 

Cícero Magalhães foi eleito com 1389 votos, contra 915 de Gilberto Paixão, candidato apoiado pelo deputado Assis Carvalho.

Reproduzido de cidadeverde.com


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.